Aprendendo a Aprender

 
Main picture
Procure neste site:

 
    Downloads

 
Você é capaz de responder tranquilamente:

Há certas características e atitudes mentais que faz com que aproximadamente 20 por cento de uma população se oponha violentamente a qualquer atividade de melhoramento ou grupo (empresa, clube, etc).

Elas abrangem 20 por cento da população mundial e 2 1/2 por cento são verdadeiramente perigosos. Com tais personagens bem escondidas por trás de uma APARENTE grande inteligência e demonstrações de gentileza, nós não percebemos que elas existem na vida atual, são muito comuns, e frequentemente passam despercebidas ao nosso lado.

Quando examinamos a causa de uma empresa ou negócio com problemas, nós inevitavelmente descobriremos em algum lugar em seus departamentos essa personalidade anti-social bastante atarefada. Tais indivíduos podem ferir outros e acabar com sua empresa, organização, sindicato, etc.

O remédio para todas essas difculadades estão aqui:
Saiba que todas as pessoas sob tensão podem reagir com lampejos momentâneos de conduta anti-social. Isto não os tornam personalidades anti-sociais. Mas como reconhecer isso? Como valorizar os bons, premiá-los e promovê-los e se livrar das "maçãs podres"?




J. Clovis Lemes - Professional Speaker

                  Clique para Biografia

"Nunca pensei que esses fatores psicossomáticos tinham tanta importância no chão de fábrica. Fiquei impressionado com as soluções aos 'Problemas do Trabalho' que você apresentou no seu escritório, e com a incrível produtividade resultante dos trabalhadores".
Sr. Gilson Rodrigues, Presidente, TKS Equipamentos (Brasil)

"Muito obrigado por sua apresentação. Os membros da Utah/Brazil Chamber e da Salt Lake City Chamber of Commerce agora tem as informações regulatórias para vender produtos médicos, alimentos, farmacêuticos e cosméticos no Brasil. Eles agora sabem se comunicar realmente".
Mr. Gary Neeleman, Presidente & Fundador, Brazil/Utah Chamber of Commerce

"Impressionante apresentação! Os cientistas e técnicos aqui dos nossos laboratórios e da Universidade (Dayton, Ohio) agora entendem melhor o sucesso brasileiro nos biocombustíveis. A U.S. Air Force gostaria de convidá-lo como palestrante nas próximas conferências".
Dr. Omar Mendoza, Gerente de Programa, Energia & Qualidade Ambiental, U.S. Air Force Research Laboratory