Pensando em Vender Produtos Sul-Americanos no Texas?


Latinos são uma influência crescente sobre o poder de compra nos Estados Unidos. Aqui estão alguns pontos a considerar:

Em primeiro lugar, o poder de compra dos “Latinos vem crescendo 70% mais rápido do que os dos americanos" como um todo desde o final da década de 1980, de acordo com o Relatório de 2013 do Centro Multicultural Selig para o Crescimento Econômico da Universidade da Georgia. Essa estatística está aparecendo em todos os lugares no mundo real. Um exemplo: Latinos eram responsáveis pelo crescimento das vendas de automóveis entre 33% (Nissan) e 100% (Honda) totais nos EUA em 2014 e 2015, relata a unidade de dados da IHS Automotive’s Polk Market. Líderes de empresas de produtos de consumo nos EUA sabem disso e têm voltado suas estratégias de crescimento para os consumidores Latinos.

Em segundo lugar, os Latinos estão impulsionando a formação de uma rede de novos negócios nos EUA. De acordo com um estudo realizado pela Iniciativa de Empreendedorismo Stanford Latino, 2007-12, a formação de uma rede de novos negócios em mãos de Latinos disparou em 47%, enquanto os negócios de não-Latinos diminuiram 2%. Novos negócios significam novos empregos.

Em terceiro lugar, os Latinos nos EUA são muito mais jovens do que os Americanos como um todo, e os jovens Latinos nos Estados Unidos são mais instruídos e ganham mais do que nunca. Isso significa que a formação de lares Latinos está aumentando também. A partir de 2000-14, os Latinos representavam mais da metade do aumento de participação das famílias na economia Americana. Isso significa também que a América não vai sofrer uma crise demográfica de estilo europeu, com a aposentadoria dos “baby boomers”. Os Latinos jovens estão entrando no mercado de trabalho e pagam impostos que vão manter o balanço fiscal do país em ordem.

"Os Latinos vão mudar o perfil da sociedade americana ao longo das próximas quatro décadas. A população hispânica vai crescer muito mais rapidamente que outros segmentos da população, e os consumidores hispânicos representarão uma porcentagem crescente da base de consumidores americanos ", diz Tatjana Meerman, editora da empresa de pesquisa Packaged Facts.

A medida que a economia Latina dos EUA continua a solidificar a sua crescente influência no século 21, os efeitos em cascata já começaram a alterar profundamente as estruturas políticas, sociais, culturais e econômicas da nação.

À medida que a população Hispânica cresce e amadurece, sua estrutura está mudando em quase todos os sentidos, a partir dos níveis educacionais e composição da força de trabalho, às características de uso doméstico e acumulação de riqueza. São estes fatores em evolução que impulsionam a crescente influência dos hispânicos nos mercados consumidores dos EUA.

A população Hispânica é responsável por cerca de 15% da força de trabalho dos Estados Unidos e está projetada para atingir quase 20% até o ano 2020. Além disso, ocupações mais bem remuneradas de gestão são as categorias de trabalho de mais rápido crescimento para os Hispânicos, impulsionada pelo crescimento educacional. Tudo isso mostra como o "emprego Hispânico" cresceu mais de 16% desde 2000, enquanto o emprego global dos EUA praticamente não cresceu 2%.

Como suas realizações educacionais aumentam de forma constante, os Hispânicos estão lentamente fechando a lacuna educacional com os não-Hispânicos a cada geração sucessiva. Os ganhos educacionais irão desempenhar um papel chave na economia global de hoje, a medida que os Hispânicos aumentam a sua influência e crescente poder de compra. Até agora, o poder de compra dos Latino-Americanos aumentou a uma taxa composta de crescimento anual de 7,5%, ou seja, mais de duas vezes o crescimento de 2,8% para o total dos EUA. O poder de compra Hispânico aumentou 45% nos últimos cinco anos, e chegou a US $ 1,38 trilhão.

Impulsionando o aumento da afluência, em parte, está o empreendedorismo Hispânico. Atualmente, pelo menos 33.000 negócios de propriedade dos Hispânicos no Texas Central, e o crescimento destes negócios superou o de todo o estado do Texas. A medida que as empresas Latino-Americanas amadurecem, muitos começaram a entrar na fase de "middle-market", de frente para um dos principais desafios para as empresas em crescimento: o acesso ao capital. Para muitos setores, esse crescimento potencial das empresas Latino-Americanas, juntamente com a sua necessidade crescente de capitais, representa uma oportunidade de expansão poderosa.

Com tudo isso, essa comunidade Latina, representa um mercado fabuloso para produtos “tropicais”, o que não existia nos EUA até certo tempo atrás.


A Candex é parte da Free Trade Alliance e promove o Brasil e empresas brasileiras e seus produtos no Oeste dos Estados Unidos.

© Copyright 2015 Candex do Brasil Ltda